Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lua nova

lua nova

22
Jan16

O que 2015 me ensinou...

Cate

Olá estrelas,

Mais uma vez venho com um post meio atrasado... Mas como sempre me disseram "Mais vale tarde que nunca." , aqui estou eu.

Bem, no meio da minha maré de frequências, trabalhos e stress, achei que ia ser bom (tanto para mim, como para quem lê) escrever aquilo que o ano que passou me ensinou.

2015 foi sem dúvida um ano que me surpreendeu. Consegui alcançar objetivos que nem em sonhos alguma vez imaginei.Por outro lado, também fui desiludida.

Sempre me disseram que há pessoas falsas. Sempre soube disso. Mas sempre gostei de acreditar no melhor lado daqueles a quem chamava "amigos". Obviamente fui eu que me tramei. Mas sinceramente, ainda bem. Se não fosse a minha ingenuidade, nunca tinha aprendido a ser selectiva. E agora sinto que realmente tenho grandes amigos do meu lado. Conselho de amiga: não queiram pessoas que só falam mal de tudo na vossa vida, queiram pessoas que vos inspirem a ser melhores.

Por outro lado, como já devem saber, 2015 foi o ano da minha entrada na universidade. Estava super ansiosa e ao mesmo tempo receosa. E se não gostasse do curso? E se não fosse boa o suficiente? Well, tive excelentes notas e estou a adorar o curso. Não podia estar mais orgulhosa de mim. E isto só me mostrou que se realmente me esforçar, o sucesso será alcançado.

Aprendi também a ser 100% eu. Chega de estarmos preocupados(as) com o que os outros vão pensar. Isso é problema deles.

Por fim, fiz alguns erros. Mas a questão é que soube retirar alguma coisa deles. No fundo, tenho vindo a perceber que o facto de errarmos só nos ajuda a percebermos qual a nossa verdadeira identidade. 

E acho que foi só isto.

Agora só espero que 2016 seja outro grande ano.

Bom ano estrelinhas!!

Beijos,

Cate

12
Set15

Onde tens andado?

Cate

Olá estrelas,

Ainda estou viva!! 

Mas a verdade é que a minha vida tem sido uma agitação (tanto que até tenho de marcar encontros com amigos com 15 dias de antecedência). Tem sido a loucura, mesmo!

Atualizando: fui a Marrocos de férias (adorei a cultura e as duas cidades que visitei - Essaouira e Rabat); entrei na minha 1a opção (candidatura à universidade); já me matriculei; vou viver com a minha melhor amiga (like a dream); entretanto começam as praxes.

Bem, depois da maneira resumida como vos contei o que se tem passado, até parece que tenho tido imenso tempo livre. Mentira. E se não acreditam, esta semana dormi 4h duas vezes. E sou daquelas pessoas que dorme imenso (até os meus amigos gozam comigo).

Acho que é só isto... Ou então estou a ficar mesmo enferrujada.

Ahhh,e não sei se já disse alguma vez mas entrei em Engenharia Biomédica!

Por hoje é tudo.

Beijos,

Cate

P.S- não podia ter sido mais breve

 

15
Jul15

Exames + Universidade ?! #Update

Cate

Olá estrelas,

No passado dia 13 de julho sairam as notas dos exames e por isso ontem nem publiquei nada. 

Sim, as minhas notas permitem-me entrar naquilo que quero, mas sinceramente esperava mais a matemática (pedi a fotocópia do exame e rezo para que o corrector se tenha enganado a corrigir). De qualquer maneira, já passou! Concluí oficialmente o 12º ano... Se quisesse até já podia trabalhar (ou não, porque ainda só tenho 17 anos).

study.jpg1.jpg

 

E pronto, para o próximo ano vou para a Universidade e nem sei como me sentir. Cidade nova, pessoas novas, realidade nova... Tenho a certeza que me vai fazer crescer imenso como pessoa (porque em altura já não devo passar dos meus 1,56m) e que vou poder experiencar momentos incriveís, mas não deixo de me sentir mega ansiosa.

Se estás a ler este post e já passaste por isto, deixa aqui o teu testemunho por favor!!

Entretanto, vou aproveitar bem o Verão para entrar em grande quando começarem as aulas.

Beijos,

Cate

11
Fev15

Futuro?!

Cate

Olá estrelas. Hoje venho falar-vos de uma coisa na qual tenho pensado imenso. "Como vai ser o futuro? ".

Estando eu no 12° ano, o tempo disponível para decidir que curso seguirei começa a ser limitado. As opções são imensas, é verdade. Mas é realmente difícil saber qual a que se enquadra melhor connosco. Aquela que nos vai fazer felizes. Sim, porque estamos (supostamente) a fazer uma escolha que vai determinar o nosso futuro. É óbvio que todos erramos, mas também é evidente que vai haver sempre aquela necessidade de ter de escolher o curso certo. E eu vejo cada vez mais pessoas a viverem frustradas porque odeiam o seu emprego e definitivamente não é isso que quero.

Para além da pressão de escolher o curso certo (como se não bastasse), ainda há o "peso" de termos as melhores notas. Noto principalmente no Curso de Ciências e Tecnologias que há imensa competividade ( o que, como tudo, é bom desde que haja moderação). Mas por vezes pergunto-me " Porque é que uma pessoa com média de 19 vai ser uma melhor médica que outra com média de 17?". Tudo bem que o curso de medicina é difícil e é preciso que as pessoas que o frequentam sejam empenhadas, mas como é que em pleno séc. XXI deixamo-nos definir por um número? Digo isto porque já fui atendida por médicos muito incompetentes e sem o mínimo de respeito. E por esta mesma razão, acho que seria benéfico que as universidades tivessem em consideração outros tipos de critérios para além da média. Mas claro, é apenas a minha opinião. E, acabado o meu desabafo, me despeço de vocês mais uma vez.

Beijinhos!!!!